11ª Mostra de Trabalhos de Iniciação Técnico-Científica

"Diversidade de pessoas e saberes: o desenvolvimento em nossas mãos"
De 25 a 27 de Novembro de 2010

Programação

 

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E
TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL
Campus Porto Alegre

PROGRAMAÇÃO PRELIMINAR DA 11ª MOSTRA DE TRABALHOS DE INICIAÇÃO TÉCNICO-CIENTÍFICA DO IFRS – CAMPUS PORTO ALEGRE – Última atualização: 22/11/2010

 

Dia 25 de novembro de 2010 – quinta-feira:

Horário

Atividade

Local

Das 15h às 19h

Recepção e credenciamento

Térreo

Das 18h às 19h

Solenidade de abertura

Auditório da FABICO

Das 19h às 20h40min

Sessões de apresentação de trabalhos

Sessão 1 - Sala 200:
Área “Gestão e Negócios” – 5 trabalhos

Sessão 2 - Auditório 2:
Área “Ambiente, Saúde e Segurança” – 5 trabalhos

Das 20h50min às 22h30min

Sessões de apresentação de trabalhos

Sessão 3 - Sala 200:
Área “Gestão e Negócios” – 5 trabalhos

Sessão 4 - Auditório 2:
Áreas “Controle Industrial” e “Processos Industriais” – 4 trabalhos

 

Dia 26 de novembro de 2010 – sexta-feira:

Horário

Atividade

Local

Das 8h20min às 10h

Palestra “Segurança Computacional Pessoal” com Prof. Dr. André Peres

Auditório da FABICO

Das 10h10min às 11h50min

Sessões de apresentação de trabalhos

Sessão 5 - Sala 200:
Área “Ambiente, Saúde e Segurança” – 5 trabalhos

Sessão 6 - Auditório 2:
Área “Educação” – 5 trabalhos

Das 13h30min às 15h10min

Palestra “Materiais Biodegradáveis: uma alternativa ecológica” com Prof. Dr. Telmo Ojeda

Auditório da FABICO

Das 15h30min às 17h10min

Sessões de apresentação de trabalhos

Sessão 8 - Sala 200:
Área “Ambiente, Saúde e Segurança” – 5 trabalhos

Sessão 7 - Auditório 2:
Área “Educação” – 5 trabalhos

Das 17h20min às 19h

Sessões de apresentação de trabalhos

Sessão 9 - Sala 200:
Áreas “Ambiente, Saúde e Segurança”, “Hospitalidade e Lazer”, “Recursos Naturais” e “Produção Alimentícia” – 6 trabalhos

Sessão 10 - Auditório 2:
Área “Educação” – 4 trabalhos

Das 19h às 20h40min

Palestra “Carreira, Empregabilidade e Mercado de Trabalho” com consultor Paulo Delfino da Costa Fagundes

Auditório da FABICO

Das 20h40min às 22h30min

Palestra “Biodiversidade: preservar para quem?” com Prof. Gelson Luiz Fiorentin

Auditório da FABICO

 

Dia 27 de novembro de 2010 – sábado:

Horário

Atividade

Local

Das 8h20min às 10h

Sessões de apresentação de trabalhos

Sessão 11 - Sala 200:
Área “Informação e Comunicação” – 5 trabalhos

Sessão 12 - Auditório 2:
Área “Controle Industrial” e “Processos Industrais” – 5 trabalhos

Das 10h10min às 12h

Palestra “Habitantes do Arroio: estudo de conflitos de uso de águas urbanas, risco, saúde pública e comunidades étnicas em Porto Alegre" com a equipe executora do projeto

Auditório da FABICO

Das 12h às 12h30min

Solenidade de encerramento e premiação

Auditório da FABICO

 

Atividades paralelas:

Currículos dos palestrantes:

André Peres – Palestra “Segurança Computacional Pessoal” – sexta às 8h20min.
Possui doutorado em Ciência da Computação pelo Instituto de Informática da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, obtido em 2009, tendo como tema o desenvolvimento de um mecanismo de autenticação baseado na localização de estações sem fios, considerando obstáculos dinâmicos. Foi professor de computação da Universidade Luterana do Brasil entre 1998 e 2010, e atualmente é professor de computação do IFRS-POA. Realiza pesquisa nas áreas de redes de computadores, redes sem fios e segurança computacional. Atuou entre 2004 e 2009 como diretor/consultor da empresa Sentinela Security nas áreas de infra-estrutura, redes e segurança computacional.

Telmo Ojeda – Palestra “Materiais Biodegradáveis: uma alternativa ecológica” – sexta às 13h30min.
É engenheiro químico com doutorado em Ciência do Solo e professor da Área de Meio Ambiente do IFRS-POA. Possui experiência industrial nas áreas petroquímica e de tintas e vernizes, atuando em laboratórios de pesquisa, desenvolvimento e inovação. Atua há 7 anos na área de biodegradação de materiais poliméricos. Atualmente, está iniciando pesquisa na área de ecotoxicidade dos resíduos desses materiais. É membro do Comitê Científico da Associação de Plásticos Oxibiodegradáveis, com sede em Londres, sendo revisor de diversos periódicos.

Paulo Delfino da Costa Fagundes – Palestra “Carreira, Empregabilidade e Mercado de Trabalho” – sexta às 19h.
É graduado em Pedagogia–Administração Escolar pela UFSCar–SP e em Sociologia e Política pela Escola de Sociologia e Política de São Paulo. Possui especialização em Recursos Humanos pela FGV-SP e em Administração Hospitalar pela PUC-RS/AHRGS. Mestrando em Administração & Marketing na UCES–Buenos Aires, Argentina/ULBRA. Atuou como executivo de RH e Qualidade em grandes empresas: Editora Abril, Alcoa, Banco Meridional, BRB–Banco de Brasília, Grupo Gerdau, Hospital Mãe de Deus, Brasil Telecom e Zamprogna/NSG. Exerceu atividades como Professor Universitário das disciplinas de Antropologia & Sociologia, Administração de Recursos Humanos em Hospitais e em Marketing de RH.

Gelson Luiz Fiorentin – Palestra “Biodiversidade: preservar para quem?” – sexta às 20h40min.
Licenciado em Ciências Biológicas pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS); Mestre em Zoologia, área de concentração em entomologia, pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS); foi diretor da Reserva Biológica de Ronda Alta (RS) e Secretário do Meio Ambiente de São Leopoldo. Atualmente é Professor Adjunto do Curso de Ciências Biológicas e Coordenador do Programa de Ação Socioeducativa na Comunidade - PASEC da Ação Social da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS).

Palestra “Habitantes do Arroio: Estudo de conflitos de uso de águas urbanas, risco, saúde pública e comunidades étnicas em Porto Alegre-RS” – sábado às 10h10min.
O “Habitantes do Arroio: estudo de conflitos de uso de águas urbanas, risco, saúde pública e comunidades étnicas em Porto Alegre-RS” é um projeto de pesquisa e ação, voltado para descoberta das situações de conflito e interdependência entre grupos sociais diversos, instituições e técnicos de diversas áreas envolvidos cotidianamente com os usos (e abusos) das águas do Arroio Dilúvio, em Porto Alegre. O projeto é financiado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), sendo executado pelo grupo de pesquisa Banco de Imagens e Efeitos Visuais (BIEV – Laboratório de Antropologia Social – UFRGS) e pela ONG Instituto Anthropos, com o apoio da Secretaria de Meio Ambiente do Estado do Rio Grande do Sul (SEMA-RS). A pesquisa se vale da produção e da exibição de documentários, relatórios e narrativas sonoras e visuais sobre as condições ambientais dos recursos hídricos em questão contrapostos à diversidade sócio-cultural de representações simbólicas, ethos e visão de mundo das populações que habitam a microbacia do Arroio Dilúvio quanto aos usos do solo e da água, visando à valorização do Arroio Dilúvio e do seu ecossistema como bem comum e essencial a toda a cidade.
Financiamento: Edital MCT/CT-SAÚDE/CT-HIDRO/CNPq N º 45/2008 - Seleção Pública de Propostas para Apoio a Projetos de Pesquisa Relacionados à Água e Saúde Pública
Linhas de apoio: Desenvolvimento de novas técnicas/metodologias que visem a transferência e apropriação de conhecimento e tecnologias relacionadas à captação de água e tratamento de águas/esgotos para a população local.

Equipe: antropólogos Ana Luiza Carvalho da Rocha, Rafael Devos, Viviane Vedana, Anelise Guterres, pela pesquisadora em Direito Ambiental Ana Paula Marcante Soares, estudante de Ciências Sociais Luna Carvalho, com consultoria do Engenheiro Sanitarista Paulo Renato Paim e da antropóloga Cornelia Eckert.

Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Porto Alegre - Rua Ramiro Barcelos, 2777 - Bairro Santana - Fonte (51) 3308 - 5110

aumenta o tamanho da letra
diminui o tamanho da letra
tamanho de letra normal